Devocional



SEMEADORES E CEIFEIROS
Por Eguinaldo Hélio de Souza




Porque nisso é verdadeiro o ditado: Um é o que semeia, e outro, o que ceifa. Eu vos enviei a ceifar onde vós não trabalhastes; outros trabalharam, e vós entrastes no seu trabalho. (João 4.37-38)



As vezes somos semeadores, as vezes somos ceifeiros. Em alguns momentos estamos plantando para outros colherem. Em outros, estamos colhendo o que outros plantaram. Ao longo da nossa vida haverá tempos nos quais semearemos sem ver os frutos e outros nos quais colheremos sem ter visto a semente.

Não podemos desanimar se hoje temos que nos desgastar com pessoas e situações que parecem não estar produzindo nada. Gastamos tempo, joelhos e palavras que parecem estar caindo no vazio. Muitas vezes são anos trabalhados na convicção de que o Senhor está nos guiando e, no entanto, parecem em vão. Queríamos ser ceifeiros, mas agora somos só semeadores. Nosso tempo e nossa força não foram perdidos porque foram gastos em Deus e para Deus. Só o tempo mostrará que nossa obra no Senhor jamais é vã.

Também não devemos nos vangloriar se estamos no tempo de grandes colheitas e grandes resultados. Muitas vezes estamos apenas colhendo com facilidade o que foi plantado com muito esforço. Estamos ceifando com alegria o que muitos semearam com lágrimas. Estamos edificando sobre o firme fundamento estabelecido por outros. Devo ter gratidão e humildade pelos que vieram antes de mim.

Os lugares onde hoje há grandes igrejas com muitas vidas servindo a Deus são lugares onde muitos servos de Deus trabalharam e pereceram sem ver muita coisa. Talvez tenham morrido pensando que fracassaram. Eram semeadores e não ceifeiros. Não era para si mesmo que faziam o que faziam, mas para os que trabalhariam depois deles. Não ficarão sem seu galardão de semeadores. Receberão das mãos do Pai o que lhes é devido.

Não é o que planta e nem o que rega que merecem a glória e sim Deus que dá o crescimento. Não devemos murmurar se somos os semeadores e nem nos orgulharmos se somos os ceifeiros. Devemos confiar que o Senhor da seara é fiel e saberá sempre dar o devido valor ao nosso trabalho, sejamos nós semeadores ou ceifeiros.

ANTERIORES


DECEPCIONADO COM PESSOAS - Por Eguinaldo Hélio de Souza
CUIDA DE TI MESMO - Por Eguinaldo Hélio de Souza
O DEUS CONTÍNUO - Por Eguinaldo Hélio de Souza
MANTENHA O FOCO - Por Eguinaldo Hélio de Souza
PORTAS TRANCADAS DE UM CASTELO - Por Eguinaldo Hélio de Souza
EM NÓS, ATRAVÉS DE NÓS E APESAR DE NÓS - Por Eguinaldo Hélio de Souza
O CRENTE MÍNIMO - Por Eguinaldo Hélio de Souza